Comunicado de Recall de Equipamentos Philips Respironics

Nós da Physical Care somos reconhecidas pela excelência na prestação de serviços em saúde e pela honestidade no cuidado com a saúde de nossos pacientes.

Na noite de 21 de junho de 2021, fomos oficialmente comunicados sobre o recall, onde a Philips Brasil convoca os pacientes usuários dos dispositivos de CPAP, BIPAP ou Ventiladores Mecânicos (suporte a vida) da marca Philips Respironics fabricados até 26 de abril de 2021.

Dando continuidade à nossa relação de transparência e ética junto aos nossos clientes, imediatamente, nós da Physical Care, nos mobilizamos para contatá-los, já a partir do dia seguinte, pelos meios possíveis (e-mail, telefone e whatsapp) a fim de transmitir as devidas orientações conforme divulgado pelo fabricante.

A Philips Respironics, conhecida mundialmente por fornecer aos pacientes produtos de alta qualidade, seguros e confortáveis agiram proativamente em comunicar um recall mundial relacionado a algumas linhas de seus equipamentos.

Com toda seriedade que a Philips Respironics conduz seu trabalho, após investigação conduzida nos Estados Unidos, decidiram promover um recall global.

 

O RECALL

Em abril/2021, a Philips alertou órgãos de saúde norte americanos sobre possíveis riscos para a saúde relacionados à espuma de redução de som utilizada em dispositivos específicos de Pressão Positiva Contínua nas Vias Aéreas (CPAP), Pressão Positiva de Duplo Nível nas Vias Aéreas (BIPAP) e Ventiladores Mecânicos da Philips. A empresa indicou também que estava em andamento uma análise dos possíveis riscos para a saúde e que mais informações seriam fornecidas assim que estivessem disponíveis.

Como resultado de uma extensa análise em andamento iniciada após este comunicado, em 14 de junho de 2021 a empresa emitiu uma notificação de recall para os dispositivos específicos afetados nos Estados Unidos, sendo posteriormente, em 21 de junho de 2021 estendido para o âmbito global.

 

O PROBLEMA

A notificação de recall informa aos clientes e usuários os possíveis impactos sobre a saúde do paciente e sobre o uso clínico relacionados a esse problema. Os possíveis riscos para a saúde são decorrentes da exposição à uma espuma de redução de som deteriorada, podendo sofrer degradação em partículas ou liberar certos produtos químicos, que podem ser aspirados ou inalados pelo usuário quando da utilização dos aparelhos. Esta deterioração pode ocorrer devido, por exemplo, a métodos de limpeza não aprovados como o ozônio, e a exposição a emissões de substâncias químicas do material da espuma. Ambientes com altas temperaturas e alto teor de umidade também podem contribuir para a deterioração da espuma em determinadas regiões.

Os potenciais riscos à saúde incluem irritação (pele, olhos, nariz, trato respiratório), resposta inflamatória, dor de cabeça, tontura, asma, efeitos adversos a outros órgãos (como rins e fígado), hipersensibilidade, náusea/vômito, efeitos tóxicos e carcinogênicos.

 

EQUIPAMENTOS AFETADOS

A Philips demonstra estar tratando o assunto com a maior seriedade possível e dedicada na resolução de maneira eficaz.

Os dispositivos de CPAP e BIPAP da linha de sono afetados pelo recall são aqueles fabricados até 26 de abril de 2021 e os ventiladores mecânicos fabricados até 21 de abril de 2021.

É importante ressaltar que os equipamentos não listados no recall, possuem formato de fabricação diferentes ou podem ter a espuma instalada em local diferente e, portanto, não oferecem riscos à saúde.

Os equipamentos incluídos no recall seguem conforme imagem abaixo:

 

 

 

 

 

 

recall de aparelhos philips respironics

 

O QUE FAZER?

A notificação de recall aconselha os pacientes e clientes a tomarem as seguintes providências:

- Para pacientes que usam dispositivos BIPAP e CPAP: não altere sua terapia sem consultar seu médico ou profissional de saúde. Em muitas situações há um risco maior na interrupção da terapia do que na adequação.

- Para os pacientes que usam dispositivos de ventilação mecânica de suporte da vida: NÃO INTERROMPA e não altere a terapia prescrita sem consultar o médico. Na impossibilidade de se obter um equipamento compatível para o mesmo fim, um filtro de barreira é indicado como resolução imediata para estes modelos.

A Philips recomenda ainda que clientes e pacientes suspendam o uso de produtos de limpeza relacionados ao ozônio e sigam estritamente as Instruções de Uso do dispositivo referentes aos métodos de limpeza aprovados.

Foi disponibilizado pela Philips, um canal de atendimento exclusivo aos clientes do recall, onde é possível registrar seu equipamento no recall e receber mais informações a respeito.

Para saber se o seu modelo de equipamento está incluso no recall ou para mais informações, acesse aqui o comunicado oficial da Philips: https://www.philips.com.br/healthcare/e/sleep/communications/src-update

Caso seu equipamento faça parte do recall, deverá contatar a Philips, através do SAC pelo telefone 0800 707 6767, de segunda à sexta-feira das 8hs até 17hs para que as medidas necessárias sejam tomadas.

 

A PHYSICAL CARE

Nós da Physical Care, enquanto prestadores de serviços em saúde, prezamos pelo cuidado com a saúde e, portanto, disponibilizamos filtros de barreira para nossos clientes, locatários de equipamentos de ventilação mecânica de suporte a vida, conforme orientação do fabricante. Os clientes locatários de equipamentos CPAP e BIPAP foram contatados para troca do modelo de dispositivo.

Continuamos atentos a novos comunicados do fabricante e estamos à disposição para esclarecimentos e tratativas relacionados à terapia respiratória e/ou do sono de nossos pacientes.